Aumento salarial não se pede, se conquista.

Acho interessante a mentalidade não-empreendedora que ainda reina nas pessoas, independente de sua geração(X,Y, Baby-boomers). Bom na verdade não tem nada de interessante, isso é péssimo!

13-Tirinha-Funcionário-Público

Esse post é inspirado em um acontecimento recente e real. Um funcionário veio falar comigo semana passada, pediu licença e com uma cara nada confortável disse, -Preciso te falar uma coisa, e não é muito legal.

Quando um colaborador te fala uma coisa dessas, você logo pensa: aumento! E, claro, eu pensei isso… e era exatamente o que ele queria.

O grande problema é que para um funcionário vir pedir aumento, ele tem que ser um profissional coringa na empresa. Um funcionário que tem atitudes de “dono da empresa”, aquele que é um resolvedor de problemas e não um criador, aquele que faz aquilo para qual foi contratado, sem esperar que se peça, aliás, sempre faz mais do que se imagina. Se  ele não tem essas atitudes, corre o sério risco de não receber o aumento e ficar ainda mais desmotivado.

Qual a ligação de empreendedor com esse funcionário que queria aumento? toda! um funcionário assalariado, que empreende na empresa do qual é contratado(quem empreende em empresas e não tem uma empresa é chamado de intra-empreendedor), não precisa pedir aumento! ele conquista isso por mérito! Nenhum chefe, em sã consciência deixará de dar um aumento para um funcionário desses… Aumento salarial não se pede, se conquista!

Final da história, esse funcionário não conseguiu o aumento… expliquei os motivos, talvez isso fica impregnado na cabeça dele, como uma semente… se germinará a semente, só dependerá dele.

P.S – Esse blog, tem a pretensão de ajudar a disseminar a cultura empreendedora, seja ela onde for! Que consigamos criar e replicar mais empreendedores, intra-empreendedores! Por um país mais empreendedor!

 

Anúncios

Mas, espere… tem mais!

Quem nunca ficou assistindo canais que vendem produtos(sem citar nomes! rsrs) naquela noite em que se está cansado, mas não consegue dormir? todo mundo! e se você, alguma vez se enquadrou nisto, provavelmente também deve ter comprado alguma coisa desse canal, seja na loja/internet/fone.

Imagem

 Não é feitiçaria… é Marketing!

Se você comprou e se arrepende, bem vindo ao clube! Não se deprima, a sua compra ocorreu porque cada detalhe daquele comercial é feito baseado em pesquisas cientificas em que são estudadas formas para te manipula e te levar a ação de comprar.

Por exemplo, esses comerciais tem a maior taxa de retorno(TIR) a noite, não porque o horário de propaganda custo menos, mas sim porque nesse horário, o telespectador está quaaase dormindo, a parte racional do seu cérebro está menos ativa, fazendo com que você aja por impulso e… compre.

Quando aquele apresentador(chato, por sinal) diz que a oferta é limitada, seja por tempo ou por unidades, e o consumidor não compra, e quando ele anuncia que esse tempo/unidades se esgotou, logo começa a anunciar outro produto. Isso faz com que a pessoa que estava assistindo a isso, fique frustada, mesmo que ela não perceba. Uma pessoa frustada, vai fazer de tudo para sair desse estado, e a forma que essa pessoa deixará de se frustar, e não perder a próxima “grande promoção limitada”. Entendeu?

Outra parte, não menos importante, é a forma que eles usam as palavras, que são grandes armas! Repare que eles dizem, “Quando você ligar” e não “Se você ligar”, esse jogo de palavras, subliminarmente te encoraja e te estimula a ligar. E ainda tem a clássica, “se as linhas estiverem ocupada, tente mais tarde”… isso cria pânico! você pensa: – não posso perder isso! meu Deus, preciso comprar também!

O grande mistério dessas propagandas, e que todo mundo sempre pensa: são as das facas que cortam tudo. Porque eles fazem uma propaganda com facas contando moedas, tijolo, couro e qualquer coisa difícil de se cortar? Ninguém em sã consciência cortaria isso com essas facas, ou aliás, compraria esse tipo de produto para cortar isso. Dito isso, parece que esse propaganda foi mal feita, não é mesmo? errado! eles fizeram esse tipo de propaganda, porque quando você vê ela na TV, instintivamente, você pensa que com uma faca dessas, qualquer coisas na sua cozinha será facilmente cortada. Assim, você compra elas. Se não você, mas, seu vô, sua tia ou sua sogra. Viu como funciona?

Meu amigo empreendedor! isso tudo se chama marketing. Bem aplicado, você pode fazer seu negócio decolar! Aprenda uma lição com essas empresas, mas aprenda só a lição sem comprar nada, ok? Se você não quiser correr esse risco, leia este blog, sempre postaremos dicas a respeito.

Por favor, mande esse texto para um amigo, mas atenção, ele ficará disponível de graça por apenas sete dias… Se por acaso você acessar e não conseguir ler, tente novamente, o wordpress está congestionado. E tem mais, as 100 primeiras pessoas que me seguirem no twittter @eliezershigueo, receberão esse texto e outros mais… GRÁTIS eu disse GRÁTIS para a vida toda! Aproveite porque é por tempo limitado!

 

Impacte as pessoas!

A melhor maneira de fazer alguma coisa (lançar um produto, escrever um texto..) que caía no gosto de todos, e vire um viral, é não fazer pensando em: “isto virará um viral”.

A melhor maneira é fazer algo para que seja perfeito para uma única pessoa. Algo impactante para aquela pessoa, quanto mais, melhor.

Essa “coisa” tem que ficar na cabeça da pessoa… ela tem que ter o desejo de compartilhar com todos… enquanto ela não compartilhar, ela se sentirá em débito consigo mesmo e com sua empresa, blog, canal do youtube etc etc.

Comece pequeno, impacte as pessoas! Surpreenda-as.

Aí, a mágica começara a acontecer.

Líder e executor. Qual a diferença?

Quando você viaja de avião, a parte mais chata é esperar as malas. Depois do avião pousar, todo mundo fica perto da esteira, esperando por sua mala, como geralmente leva um tempo até elas chegaram, esse é um momento onde ligamos para uns amigos, ou conversamos com nossos companheiros de viagem, sejam eles velhos conhecidos ou novos. Como todo mundo fica meio “amontoado”, a visão para os que ficam atrás é um pouco difícil. Conforme as malas chegam, os que estão perto pegam suas malas, e se retiram, enquanto isso, as outras malas vão se empilhando, e ninguém faz nada.

 

Parte chata e necessária da viagem...
Parte chata e necessária da viagem…

Vamos supor que algum passageiro, tome uma atitude e resolva agir da seguinte forma: ele vai até a esteira e começa a chamar o nome das malas que vão chegando! Alguns passageiros provavelmente dirão: – Até que enfim, alguém faz alguma coisa!

Porém, quando a mala desse individuo chega, ele retira-a da esteira, e parte… deixando os demais passageiros, na situação habitual. Ele se locomove, com uma sensação de líder e de extrema valia… quando alguém diz: – E, agora? quem vai fazer isso?

A pessoa que fez essa ação, foi ótima… se sentiu líder por alguns momentos…mas, não foi! Líder é aquele que faz com que outras pessoas engajem na sua “vibe”!

Para a pessoas ser considerado um líder, um lííííder de primeira, ela deveria:

1 – Identificar passageiros que também tinham habilidades para fazer o que ele estava fazendo(habilidades);

2 – Chamar essa pessoa e perguntar: “Você acha que podemos fazer esse trabalho de uma forma mais rápida?” (missão, comprometimento e planejamento);

3 – Criar um modelo de comportamento para aquela tarefa e continuar a recrutar pessoas, direta e indiretamente;

4 – Falar da importância dos ajudantes e agradecer, sinceramente.

Líderes de sucesso, jamais escutarão, “e agora? o que faremos?” quando partem.

A pessoa que chamou o nome das outras na esteira, no começo do texto, foi um individuo que contribuir bastante com o grupo, teve atitude, mas isso não basta para um líder.

Indivíduos com atitudes são essenciais. Eles sempre fazem um ótimo trabalho.

É fácil se achar um líder, quando você está no centro da ação. Motivar as outras pessoas a realizaram a mesma ação que a sua, isso sim é liderar.

Agora que você já sabe a diferença de um líder e um executor, cabe a pergunta:

E você, está sendo um líder ou um “executor”? Pense nisso!

Adaptado de ” I feel like a lider but i wans’t.”