Como a impressora 3d está revolucionando nosso mundo

Imagine isso: você está em sua casa, senti a necessidade de ter alguma coisa, qualquer coisa(xícara, peça de decoração, móvel etc), você vai até sua impressora 3d e imprimi. Isso não é mais imaginação e sim uma realidade, cada dia mais acessível.

Com o desenvolvimento desse tipo de tecnologia, pense no impacto que causará no mundo que nós conhecemos. Profissões que irão ser extintas na velocidade em que essas impressoras fiquem acessíveis, e profissões que irão surgir. (Profissões essas que nem imaginamos que será necessário, até ser.)

Casa sendo impressa.
Casa sendo impressa.

A tecnologia de impressão 3d, permite que você imprima objetos simples e complexos, em uma única peça, pedaço por pedaço, ignorando os passos de criação e produção de métodos tradicionais.

A impressão 3D, está indo bem além de fazer somente objetos de plástico, ou prototipagem industrial. “Hoje, as impressoras 3D podem lidar com materiais que vão de silicone a titânio para cartilagem humana, também produzir componentes funcionais, incluindo os complexos, como baterias e LEDs”, segundo um relatório da McKinsey Quarterly.

Elas estão causando um efeito transformador na medicina e setores como construção civil. As primeiras casas já estão sendo impressas em 3D. Assim como peças de carros. E enquanto muitos desafios surgem – os custos e variedade de materiais, restrições em torno da produção em larga escala – Governos, Institutos de pesquisas, Universidades(como o MIT) e as grandes empresas(como a Natura) estão investindo bilhões de dólares em pesquisa na tecnologia que muitos argumentam, irão causar a terceira revolução industrial.

Anúncios

6 dicas para lidar com pessoas que duvidam da sua capacidade de ser bem sucedido

Não importa o que você faz de sua vida – o curso que você faz, a Faculdade que você frequenta. Se você decidiu ser empreendedor, escalar uma montanha, casar ou ser solteiro convicto – algumas pessoas irão te apoiar, enquanto outras irão duvidar de suas habilidades para ser bem sucedido.
“Você pode escolher ouvir os céticos, ou apertar o botão ignorar”, diz o Coaching de carreira Michael Peggs. Andar por aí com uma placa colada em seu peito “Não perturbe”, será somente um paliativo(e não é uma boa ideia!) Pessoas sempre vão te julgar, criticar e te desencorajar, diz Peggs.

Coaching de carreira, Michael Peggs
Coaching de carreira, Michael Peggs

Ainda segundo ele, não se preocupe! Existem formas de conseguir ligar com esse ceticismo. Aí vão as dicas:

#1 – Fale com o cara do espelho
Você é o seu pior crítico. Peggs diz. Com frequência, olhamos para nós mesmo, e decidimos no focar no nossos erros, ao invés dos nossos acertos. Acredite em você mesmo primeiro, e outros também acreditarão.

#2 – Permaneça positivo e confiante
Nós todos conhecemos a 3º lei de Newton: “Para cada ação, há uma reação.” Peggs nos diz, faça o bem e o bem retornará.
Atitude é tudo – porém, somente positividade não produzirá progresso. De fato, nossos deslizes e falhas, fortalecem aqueles que não acreditam em nós. Mas lembre-se do diamante, ele só é uma pedra valiosa, depois de passar um árduo processo! No pain, no Gain!

#3 – Escute aqueles que não gostam de você, mas não “preste atenção” no que eles dizem.
Preste menos atenção no que as pessoas dizem, e foque no porque eles dizem. Qual é a motivação delas? Inspirar ou esvaziar? Ações falam mais do que palavras. Aja!

#4 – Levante rápido, sempre que cair ou tropeçar.
Quando você tentando algo novo, sempre cometeremos alguns erros e deslizes. E isso, pode parecer que você está falhando, aos olhos dos céticos. “Nunca acredite nisso!”, é o que Pegg fala. Continue sempre, sucesso é a jornada e não um destino, e você crescerá no caminho.

#5 – Dê a eles uma razão para que eles acreditem em você.
Mostre aos céticos que você pode ser bem sucedido, mostre e não somente fale.
Sucesso leva tempo, mais do que parece. Então, seja persistente.

#6 – Não seja cercado por céticos!
Um pouco de ceticismo e críticas, podem ser saudáveis para o seu sucesso. Mas, não seja cercado por críticos e céticos, porque eles podem acabar contagiando você. É importante que você tenha apoiadores em seu círculo de amizades.

E lembre-se: Cada vez que superamos um obstáculo, saímos melhores do que começamos. Isso, os céticos não podem ignorar!

_______________
Este artigo foi adaptado do original 6 Tips For Dealing With People Who Doubt Your Ability To Succeed

Como o estresse no trabalho pode estar matando você (…ou pelo menos sua criatividade)

Seja honesto com você mesmo – Você já teve um dia estressante no trabalho, chegou em casa e pensou: “UAU! ESSE DIA FOI ÓTIMO!”
Provavelmente não, e com boas razões. Pesquisas e mais pesquisas, tem mostrado os estragos que o estresse faz na sua saúde. Com o nosso dia-a-dia cada vez mais rápido, com as mudanças constantes em qualquer mercado, o estresse parece ser inevitável. Infelizmente, ele causa custos significativos, nos trabalhadores e nos trabalhos.

images (1)

EFEITOS NOS TRABALHADORES

Estresse faz muito mal para o corpo humano. Uma Clínica Médica americana especializada em estresse, chamada The Mayo Clinici, disse que a reação que acontece em nosso corpo em uma situação de estresse, é a mesma desenvolvida quando uma caça está se protegendo de um caçador.  E quando mais for o período que o seu corpo ficar nessa situação, mais riscos de desenvolver problemas sérias a saúde terá. Esse “problemas sérios”incluem ataques cardíacos e problemas de memórias. Se isso não for ruim o suficiente, um recente estudo da Universidade da Califórnia, nos EUA, encontrou o seguinte resultado, pessoas que vivem sob uma situação de stress, 4 horas por semana(ou mais) aumenta a chance de doenças mentais. Já na Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram que se estressar no trabalho tem um grande impacto sobre os níveis de saúde, os funcionários que sofrem mais estresse tem 70% mais chance de desenvolver problemas cardíacos, do que os seus colegas de trabalho sem estresse.

OS efeitos do estresse além de afetar a saúde física e mental, também afetam o convívio com a família. Empresários e pessoas com cargos de alta gerência, tendem a sofrer mais, já que passam mais tempo no local de trabalho do que na própria casa, eles começam a ter uma dificuldade em conciliar a família e o trabalho – o que ocasiona uma situação de estresse. Muitas vezes, pensando a curto prazo, preferem a segunda opção. O grande problema são as doenças em que essas pessoas estão sujeitas, já que estão no grupo de risco. E como ninguém em seu leito de morte desejou “ter trabalhado mais”, nota-se a importância de não sacrificar as horas com seus entes queridos. É importante que esse hora, seja um momento de relaxar e recarregar as energias para enfrentar o próximo dia, com o mínimo de estresse.

EFEITOS NOS NEGÓCIOS

Obviamente, as equipes são compostas de pessoas, e qualquer mudança individual, é sentida pelo grupo.  O estresse também tem efeitos únicos no local de trabalho, onde em qualquer setor, é exigido um mínimo de criatividade e novas idéias para resolver problemas, porém, níveis contínuos de estresse tendem a sufocar a criatividade dos funcionários, o que faz sentido. Afinal, se você sente que está constantemente correndo para apagar incêndios, quando você tem tempo para a criatividade?

O estresse tende a ter um efeito cumulativo – a produtividade cai, porque os trabalhadores têm cada vez menos tempo para resolver problemas e situações. Os trabalhadores com estresse, precisam do dobro de tempo de um trabalhador feliz, para se tornar produtivo. Custo para a empresa, que fica cada vez menos produtiva e ainda corre o risco de ter que arcar com as despesas de um funcionários que sofreu um ataque cardíaco na empresa. Não é à toa que a Organização Mundial de Saúde diz que o estresse é a epidemia de saúde do século 21 – uma epidemia custando as empresas 300.000 milhões dólares por ano, somente nos  EUA.

A IMPORTÂNCIA DA PAUSA

As pessoas simplesmente não podem funcionar como robôs. Até mesmo as máquinas tendem a quebrar quando colocadas sob estresse constante (e crescente). Trabalhadores precisam de um tempo de inatividade para permanecer produtivos e felizes. Essa inatividade podem ser férias ou apenas um passeio de meio-dia para limpar a cabeça.

Claro, todos nós gostaríamos de evitar situações estressantes. Mas não importa o quanto nós tentamos, nós nunca conseguiremos nos livrar completamente do stress no trabalho. Portanto, temos de  enfrentar isso e ver como podemos diminui-lo, dica: você vai encontrar maneiras de mitigar o estresse, em suas horas livres.

Have a Break! 😉

Adaptado de How Stress at Work Might Be Killing You (Or at Least Your Productivity