[DICA] Aprenda como economizar R$120,00 – com taxas bancárias

Anúncios

Quando falta humildade…

A fila do banco é um local altamente favorável a encontrar alguém que você conhece. E, de quebra, é uma lugar onde você escuta todo tipo de conversa – sem moralismos, dizendo que é feio escutar a conversas de outros, a não ser que você leve um tampão para os ouvidos – e hoje, presenciei uma beeem interessante, que não podia deixar de figurar no nosso espaço.

Aqui no Paraná, temos um projeto que se chama “Bom negócio Paraná”, que é basicamente, uma capacitação para empresários, bem como uma consultoria em qualquer setor de sua empresa, que necessite, sem custos! e o melhor: se precisar, você tem uma linha de empréstimos, com juros subsidiados pelo governo do Estado, ou seja, melhor e menor taxa do mercado. Para fazer parte desse projeto, você deve realizar um curso, onde são abordados aspectos de gestão, que podem ser crucial para o sucesso de sua empresa.

Fila de banco pode ser um aprendizado
Fila de banco pode ser um aprendizado

A conversa que presenciei hoje, foi de dois alunos desse projeto. Sem dar nome “aos bois”, vou chamar um de pessoa “A” e o outro de pessoa “B”.

“A” pergunta para “B” o que ela está achando do curso, e ela prontamente responde:

-Ah, não estou gostando muito… porque tudo que o professor fala no curso, eu já sei…

Bom, se a pessoa já sabe de T-U-D-O, então ela deve ser a senhora Gestão… e ela está mais interessado no fim(empréstimo) do que o meio(curso), conclui-se. Mas, após algum tempo de conversa, eis que surge:

-Bom, vou fechar minha loja… não estou conseguindo pagar as despesas fixas… se você souber de alguém que queira comprar…

como uma pessoa que sabe de tudo sobre gestão, não conseguiu salvar sua própria empresa?
Como uma pessoa que sabe de tudo sobre gestão, não conseguiu salvar sua própria empresa?

Então, surgiu uma enorme questão em minha cabeça: como uma pessoa que sabe de tudo sobre gestão, não conseguiu salvar sua própria empresa?

A moral que eu gostaria de levantar aqui com esse enredo, é a bandeira que eu sempre prego: aprendizado. Entre outras coisas, só podemos ser bem sucedidos em nossos projetos em nossa vida, principalmente em se tratando de empreendimentos, com aprendizado, e ele só vem quando adotamos uma postura de humildade. Quando admitimos que não sabemos de tudo, e por mais experientes que somos, de qualquer situação, podemos extrair algo. Se você está vivendo uma situação, e não consegue achar nada de aprendizado, cuidado! A falha pode estar em você. Empreendedor precisa ter a mente aberta, dessa forma, surgirão resoluções de problema e novas oportunidades de negócio.

Quando falta humildade… o crescimento é nulo.

A lista que pode ser uma injeção de ânimo

Tem dias que ser empreendedor não é fácil. Dá uma vontade de jogar tudo para o alto, e ser um um assalariado. Calma! não se desespere… pensando nisso, fizemos esse post, mostrando que para se ter sucesso… você precisa de uma injeção de ânimos, de conhecimento… e se você chegou até aqui, é porque você está buscando. Leia a lista abaixo, e não desista.

 

*Tenha determinação

Quem quer ter sucesso, tem que ter muita determinação. Você tem que QUERER muito o sucesso, correr atrás, e enfrentar todos os obstáculos que surgirem.

Você tem que ter habilidades, competências, e tem que usá-las. Mas, o mais importante, tem que ter o desejo de fazer algo grande!

Steve Jobs, depois de criar a Apple, e tornar-lá  uma empresa comercial rentável, foi demitido pela diretoria. Isso mesmo: demitido pela própria empresa no qual era o fundador. Porém, ao invés de se lamentar, ele criou a Pixar(Toy Story, Up! entre outros), reinventando os filmes de animação. Transformando, mais uma vez o nosso conceito sobre algo. Com o passar do tempo, foi convidado para voltar a Apple, transformando-a em uma das mais valiosas marcas existente no mundo.

Ainda bem que Jobs foi demitido da Apple... se não fosse assim, nada de Toy Story.
Ainda bem que Jobs foi demitido da Apple… se não fosse assim, nada de Toy Story.

Jobs tinha habilidades, e usava e abusava delas! Mas a grande questão é a determinação que ele tinha: ele sabia que tinha vindo ao mundo deixar sua marca, palavras deles. Essa determinação o impulsionou mesmo em tempos difíceis. Disso que precisamos.

 

*Seja Corajoso

images

Beth Mooney, atualmente CEO da Key Corp, foi a primeiro mulher a Gerenciar um banco, listado na lista dos 20 maiores bancos do Estados Unidos. Mas, o cargo atual nem o anterior, caíram em sua mão de uma hora para outra. No começo de sua carreira, ela trabalhou como secretaria em uma pequeno banco, no estado do Texas, EUA, ganhando pouco mais de US$1.000,00 por mês.

Em 1979, insatisfeita com sua atual profissão, resolver bater na porta de todos os grandes bancos, para conseguir uma vaga nos seus programas de treinamento. Quando ela chegou no Bank of Dallas, na hora soube que era aí que gostaria de trabalhar, insistiu, implorou… ficou na sala do RH por 3 horas, aguardando… até que conseguiram uma vaga em um MBA a noite e um cargo de caixa. Esse foi o ponto de virada de sua carreira.

Se você não está com medo o suficiente, você não está aprendendo! E quando você não aprende… você está morto!

 

*Delegue na empresa e em casa

A maioria de nós, não estamos atolados de tarefas. Queremos cuidar de tudo na empresa e em nossas casas. A grande maioria das pessoas de sucesso aprenderam que é importante ter ajuda. Delegar é ter fé nas pessoas, quanto mais você delegar. mais você criará um grande circulo virtuoso, seja na sua empresa, seja na sua casa.

 

*Pense grande

Pensando grande, chegou aí... do contrário, você conheceria a Frutaria do Abilio?
Pensando grande, chegou aí… do contrário, você conheceria a Frutaria do Abilio?

A rede de mercados Pão de açucar, começou pequena. No inicio era uma frutaria, no Rio de Janeiro, sem grandes ambições. Abílio Diniz, o filho mais velho de Valentim Diniz, quis transformar em mais do que ela era. Assim fundou o primeiro mercado da rede. Sempre pensando grande, Abilio, foi expandindo… e hoje o Pão de açucar é uma das maiores redes de mercado do Brasil (em faturamento).