Como não ser um “empreendedor platônico”


Recentemente decidi investir no meu sonho: dar treinamentos, consultorias e treinamentos. Hoje, foi minha primeira palestra – minha empresa foi contratada por outra empresa para falar sobre “AutoLiderança”- ainda estou com os níveis de adrenalina em alta. 

  
Na verdade, essa era um sonho meio platônico, entre começar a me imaginar fazendo isso e realmente fazer, levou aproximandamente cinco anos! E se me perguntarem porque eu demorei todo esse tempo eu respondo: medo, conformismo e aversão a mudança. 

Todo esse tempo com uma vontade me arriscar com esse empresa e nada de concreto. Minha justificava era que não estava em um bom momento e precisava me preparar – uma especialização, um mba, fluência em outro idioma, dois cursos com certificados internacionais e dezenas de cursos de atualizações, estudar era parte da desculpa… todo esse conhecimento acabava sendo engavetado, junto com meu sonho.

Hoje, com minha empresa aberta, agenda de junho lotada, vejo que deveria ter arriscado antes! Ainda bem que consegui acordar e colocar em prática e ação os meus projetos. Tem muita coisa para se desenrolar, mas, estou confiante e firme nas minhas metas. 

Convoco você “empreendedor platônico” a parar de colocar justificativas para seus sonhos e agir! sonhar é bom, mas por em prática, é melhor ainda. 

Anúncios

3 comentários em “Como não ser um “empreendedor platônico”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s