Porque devemos perguntar mais e responder menos


Pense sobre isso, toda nossa vida, é esperado que saibamos a respostas para perguntas como: será que meus pais me amam? Quantos anos você tem? Você está com fome? Quem é Nikola Tesla? Porque nós devemos te contratar? Você me ama? Você gosta dessa cortina que eu escolhi?… Todos estamos nessa! Nossa vida inteira somos julgados pelas nossas respostas, não pelas perguntas que temos. 

  
Eu realmente acredito no que disse Voltaire: “Julgue um homem pelas suas perguntas, mais do que por suas respostas”. Não precisamos ter todas as respostas, mas precisamos ter as perguntas corretas! Boas perguntas, irão nos guiar atrás das respostas corretas, e não o contrário.

O que você acha que aconteceria se Steve Jobs tivesse escutado seus consumidores? Não teríamos o iPhone e outras coisas maravilhosas que ele criou. Ao invés de escutar os consumidores, falando que estavam satisfeitos com os produtos atuais, ele perguntou a si mesmo: “Qual é o grande passo que eu preciso dar em inovação?” 

Uma questão comum a grandes mentes da humanidade é não ter medo de desafiar o status quo. Eles sempre preferem a palavra O QUE ao invés de ISTO.

Faça uma pergunta, e então outra, e outra… Sem medo. Em muitos casos nossos clientes não sabem o que querem/precisam exatamente , precisamos guiá-lo por questões para conseguir encontrar. Conheci um profissional excelente uma vez, que disse que sempre devemos terminar uma conversa com a frase: “e o que mais?”, e faço isso desde então.

Eu sempre procuro aprender tudo sobre tudo, e eu sei que a vida vai ser curta pela quantidade coisas que eu ainda tenho que aprender! Por isso é importante perguntar e perguntar.

Hoje em dia, com a quantidade de informações que temos disponíveis, é crucial fazermos a pergunta certa, sermos curiosos, para podermos criar novos negócios, novas conexões e novos conhecimentos. Se você não sabe e não usa essa facilidade de acessar conhecimentos hoje em dia, não tem necessidade de ter a tecnologia!  Com as perguntas corretas, você conseguirá as respostas certas.

Mais uma vez, vamos usar a fala de Voltaire, “Bom é o inimigo do ótimo”, e não queremos ser profissionais “na média”, certo? Para ser ótimo, não exite em fazer perguntas que os outros não fazem.

Anúncios

2 comentários em “Porque devemos perguntar mais e responder menos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s