4 ideias para fazer os controles financeiros empresariais


Muitas pessoas sonham em ser empreendedores, ser chefes de si mesmo e sonham com tudo mais que isso evoca. A parte principal desse processo, é a ideia do que se fazer, que tipo de empresas abrir. Muitos empreendedores, acham que ter a “ideia” é o suficiente para que seu empreendimento se realize. Ledo engano.

Ser empreendedor é uma tarefa hercúlea, Darwin ou Leon Megginson disse uma célebre frase sobre a evolução das espécies, e nos também atribuímos a mesma frase aos empreendedores: “sobrevive, não o mais forte, mas o que melhor se adapta as mudanças.” Nesse caso, para sobreviver, é necessário cuidar da mente, atitudes e estratégias do negócio, para isso, basta acompanhar nossos post(modéstia a parte).

Um passo importante para que o empreendimento tenha sucesso, é cuidar adequadamente das finanças. Você já conhece os nove controles financeiros essenciais – se não conhece, é só clicar no “azul”. Nesse post, conheceremos, maneiras de como fazer esses controles, de forma simples e eficiente. Vamos a elas.

Featured image

1)Papel – Prevejo pessoas fazendo críticas a esse item, mas, antes de pensar e julgar de forma precipitadamente, eu lhes digo que conheço empresas muito bem administradas, lucrativas e que tem todos os seus controles financeiros feito em papel.

Aqui, destaco mais uma vez, a importância de saber quais são os controles financeiros básicos e essenciais para qualquer tamanho e tipo de empresa, para depois dar a sequência. Empresas pequenas podem utilizar o papel, na verdade qualquer tamanho de empresa, desde que façam as marcações, conheçam o que está acontecendo e saibam a hora de migrar para o próximo nível de controle controle.

2)Excel – Excel (ou seu programa correspondente) é excelente. Você consegue controlar tudo de forma facilitada, desde o fechamento de caixa até controles de salários. Crie suas próprias planilhas, formate com as fórmulas necessárias, dispense o use de calculadoras e tenha a gestão facilitada, já que a visualização da empresa a curto e a longo prazo começa a ser possível, inclusive com isso, já dá pra traça estratégias. Exemplo, olhando a planilha de contas a receber/pagar, você percebe que no mês X ficará com o caixa negativo, rapidamente você monta uma estratégia para sair dessa.

Detalhe: quando melhor for o seu conhecimento de Excel, com absoluta certeza, melhores planilhas e melhores controles você terá.

3)Softwares – Quanto mais sua empresa cresce, maiores deverão ser sua rigorosidade com os controles financeiros e mais ágeis eles deverão ser. Os softwares, vem justamente para realizar isso, facilitar a vida do empresário. Você pode contratar uma empresa e fazer o seu próprio software, específico e de acordo com sua necessidade. Se você for um empresário que começou no papel e conforme sua empresa cresceu, a migração para os controles foram sendo alteradas para facilitar a gestão, quando você for desenvolver o seu próprio software, você saberá exatamente a sua real necessidade.

Para quem não está a fim e não vê necessidade de investir muito dinheiro em um software de gestão, existem um que eu testei e recomendo, se chama zero paper, É um software online, onde você tem controle de cliente, controles de contas a receber e a pagar, gráficos precisos,controles bancários, fluxo de caixa, enfim, todos os controles essenciais! Não precisa instalar programa e nem fazer download de nada, você só precisará de um computador com acesso a internet(ou tablet e smartphone), fazer seu cadastro e começar a utilizar. Existe a versão gratuita e versão paga. O site é super intuitivo, as mensalidade é barata, e um ótimo investimento.

P.S. Este não é um post patrocinado, estou recomendando o Zero Paper, porque eu utilizo e acho ele fantástico!

4)Sistema ERP – ERP significa, Enterprise Resource Planning – ou, sistema de gestão integrado. Empresas grandes, não utilizam nenhum dos 3 itens anteriores(Por favor, não dá pra gerir uma empresa grande com softwares específicos), quando eu digo empresas grandes, eu quero dizer aquelas que faturam perto de R$ bilhões. Empresas nesse porte, utilizam esse tipo de sistema porque todas as informações de todas as áreas e setores, são integradas, assim como as metas estabelecidas para cada setor. Enfim, esse programa tem o mesmo intuito de todos os itens anteriores: facilitar a gestão e consequente perenidade do seu empreendimento.

Não importa qual seja o nível da sua ideia, tenha em mente que ela não é autossuficiente e nem você, leia, estude, aplique os controles financeiros de maneira adequada, fazendo isso seu empreendimento se adaptará melhor as mudanças.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s